Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma Alquimista

blog pessoal de andreia gonçalves

Diário de uma Alquimista

blog pessoal de andreia gonçalves

19 de Dezembro, 2020

Dia 19: Palavra do ano: tempo

O calendário do advento da alquimista

Andreia Gonçalves

Até qualquer dia. Foi desta forma que uma das minhas colegas se despediu na semana em que se iniciou a quarentena. Aquelas palavras ressoaram em mim de uma forma tão dura! Foi como uma pancada seca.

Ainda não tinha visto as coisas desta forma. Não era o teletrabalho que me assustava. Não era a primeira vez que o fazia. Assustava-me não saber quando voltaria tudo a ser normal. Nunca tinha visto o meu local de trabalho tão vazio e silencioso e nunca tinha desejado tanto que tudo se enchesse de movimento novamente. Assusta-me, sobretudo saber que nada será igual.

Nestes tempos em que a casa passou a ser o local de trabalho, em que o convívio social deu lugar aos serões no sofá a ver filmes ou às videochamadas com as amigas, há espaço para refletir. Há quem diga que “tínhamos uma boa vida e não sabíamos”. Eu não concordo a 100% porque sempre achei que tenho uma boa vida. Se é a vida que quero ter, isso já é outra conversa, mas, de facto, temos de ser muito mais terra a terra e essa noção faltava a muita gente (a muita gente vai continuar a faltar).

Também não sou daquelas pessoas que acredita que vamos ser todos melhores pessoas depois desta fase. Mentira! Isto irá durar aí uns dois meses, depois voltará ao ciclo normal da estupidez natural. Aliás, já voltou. Faz parte!

Mas temos de concordar que todos ganhámos uma coisa: TEMPO. De repente, os dias ganharam mais horas, demos por nós a ter tempo para coisas que passávamos a vida a dizer que não tínhamos. Para mim a palavra do ano é TEMPO. Ganhámos todos:

  • Mais tempo para treinar e fazer aquilo que gosto (ler, escrever, pesquisar, bricolages)
  • Mais tempo com a família
  • Mais tempo para fazer aquele telefonema que adiávamos há meses
  • Mais tempo para viver a casa, aproveitar o sofá, as refeições na mesa de jantar e não na cozinha à pressa.
  • Mais tempo para estar em família
  • Mais tempo para descobrir as coisas bonitas que temos ao lado de casa
  • Mais tempo para fazer aquele bolo cuja receita guardamos no instagram e ainda lá estava
  • Mais tempo para refletir e para estarmos connosco.

E vocês, também sentiram o mesmo?

Segue-me no facebook ou no instagram em @diariodeumaalquimista

Se gostaste, partilha com a tag #diariodeumaalquimista

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.