Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma Alquimista

blog pessoal de andreia gonçalves

Diário de uma Alquimista

blog pessoal de andreia gonçalves

06 de Novembro, 2019

Quem gosta de dormir a sesta ponha o dedo no ar!

Andreia Gonçalves

Eu, eu, eu! Adoro dormir a sesta! Nos últimos tempos tenho sentido a necessidade de descansar a meio do dia. É normal sentirmo-nos ensonados após as refeições, pois o nosso corpo foca a sua energia no estômago, logo os músculos e o nosso cérebro estão mais relaxados. É uma questão meramente física.

Como almoço em casa (vantagens de morar numa vila a 5 minutos a pé do trabalho) consigo encostar-me no sofá ao lado da cadela durante alguns minutos. Acordo revigorada, com energia suficiente até ao final do dia (o que é ótimo para os treinos, essencialmente).

Já todos ouvimos dizer que dormir a sesta durante o dia atrapalha o padrão de sono, para muitos é pior porque ficam com dor de cabeça, mal-humorados, com mau estar. Mas há outros, como no meu caso, que basta 15 a 20 minutos para acordar fina! Estive a fazer uma pesquisa para perceber afinal se isto das sestas é um bom ou mau hábito. De todas os artigos que li dormir a sesta tem imensas vantagens desde que seja feita de maneira correta. Desde logo, não é aconselhada a quem sofre de insónias, neste caso irá afetar ainda mais essa situação, ou para quem nunca o fez, pois pode afetar o ritmo circadiano (ciclo biológico), o sono noturno ou até o apetite.

Outro aspeto importante a ter em conta é não ser demasiado curta nem demasiado longa: 20 a 30 minutos garantem a reposição de energias. Menos tempo faz-nos acordar ainda mais cansados e mais, faz-nos sentir ensonados. A rotina é outro aspeto a ter em conta. De acordo com os especialistas, a sesta deve ser feita todos os dias à mesma hora para não confundirmos o nosso ritmo circadiano. Por último, a sesta deve acontecer até 6 horas antes da hora habitual de dormir. Se seguirmos estas indicações, a sesta é um excelente hábito e traz muitos benefícios à nossa saúde.

Mas a melhor parte são as vantagens que eu própria confirmo! Aqueles 20 minutos de sono aumentam a minha energia, principalmente em períodos de maior volume de trabalho, ajudam a desligar o cérebro, a formar novas conexões e a superar obstáculos criativos. E quando nos sentimos menos cansados, mais inspirados e menos ansiosos, o humor melhora, o que não só é bom para mim como também para todos que me rodeiam (esta última parte só os meus colegas de trabalho podem confirmar ah ah ah)

Descobri também que figuras geniais da nossa história, como Edison, Einstein, Winston Churchill, Napoleão Bonaparte e os presidentes Kennedy, Roosevelt e Reagan não abdicavam de dormir a sesta. Just saying…

2 comentários

Comentar post